Exploradora de arte em punho

Não sou fotógrafa. Também não sou escritora.

Sou uma exploradora. É isso que sou!

Gosto de artistar e de ser feliz, de ouvir música e de fotografar quem a toca. Gosto de me fazer de compositora e de vez em quando cantar as notas que nasceram com a minha poesia. Gosto de extrair do vento sabores e escreve-los num dos meus mil cadernos, de receber o sol na minha pele e passá-lo para o papel em formas geométricas, que no meu imaginário representam a imagem do fractal que o montam. Gosto de dançar ao sabor de qualquer melodia que ressoe com o meu batimento, ritmo e essência. Gosto de sair à rua e de me permitir experimentar encontros que me levam ao amor e à arte, de exportar dos diálogos, com quem me cruzo, viagens para alimentar o meu génio criativo e transmutar as histórias reais em cenários utópicos que vão de encontro às necessidades de todos.

Bem, gosto de explorar a vida e isso vai-me oferecendo oportunidades de partilha que me vou lembrar até as rugas me preencherem de beleza madura. Gosto de esmiuçar todas as partes da minha pele e desenhar-lhes, com os olhos, montanhas, vales, rios assim como nadar nas marés internos das minhas emoções e contar-lhes histórias para que elas se acalmem ou para que elas encontrem o norte da minha alma.

Continuamente, no motivo principal de que sairei de uma vida farta, com o banquete das minhas recolhas cheias de verdade, entrega e Ser…

Porque sou uma exploradora de arte em punho. É isso que eu sou!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s